Entrevistas

Relação entre médico e doente na otimização do tratamento da asma

08 maio 2024

A propósito dos mais recentes resultados do estudo EPI-ASTHMA, Ana Morête, presidente da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC), refere que, tendo em conta aquela que é a própria experiência clínica, “a maioria das pessoas com asma recusa-se a caber em caixas organizadas ou a comportar-se da maneira lógica ou racional esperada, pelo que a abordagem comportamental e a comunicação médico-doente são fundamentais no sucesso de qualquer intervenção na área de saúde”. Leia a entrevista.

Apoio

Medinfar